O caso do aborto de uma menina de 9 anos que ficou grávida de gêmeos !!!

Comissão vaticana considera "justa" excomunhão de médicos brasileiros


ROMA - O presidente da Comissão Pontifícia para a América Latina, o cardeal Giovanni Battista Re, considera "justa" a excomunhão dos médicos que praticaram legalmente um aborto de uma menina de 9 anos que ficou grávida de gêmeos após ter sido violentada pelo padrasto. (fonte último0 segundo)


Irmãos eu queria fazer um pequeno comentário acerca deste caso que tem sido tão noticiado na mídia brasileira. Não quero aqui falar acerca de excomunhão, porque não é um assunto que diz respeito a mim, quero falar de um fato que tem me impressionado. Os dois seres humanos que estavam no ventre daquela menina já tão sofrida tem sido desconsiderados em tudo isso, faz-se a seguinte colocação, a vida da menina estava em risco, e é verdade, porém parece que ninguém se incomoda com o fato de que a vida de dois seres humanos idênticos a menina foi ceifada sem um mínimo de preucupação, ou seja, ou a dita preucupação com a vida é uma farsa ou os fetos não são considerados como gente. Sou totalmente contra o que aconteceu e vejo com tristeza a situação que foi imposta a essa criança, porém, não posso me esquecer que independente da nossa idade, 9 anos ou alguns meses somos seres humanos.


Um abraço e Shalom!!