REFLEXÃO BÍBLICA!!

DEUS ESTÁ COM O SEU POVO

Deus é o nosso refúgio e a nossa força,
Socorro que não falta em tempos de aflição.
Por isso não teremos medo, ainda que a terra seja abalada,
E as montanhas caiam nas profundezas do oceano.
Não teremos medo, ainda que os mares se agitem e rujam,
E os montes tremam violentamente.
Há um rio que alegra a cidade de Deus,
A casa sagrada do altíssimo.
Deus vive nessa cidade, e ela nunca será destruída;
De manhã bem cedo, Deus a ajudará.
As nações ficam apavoradas, e os reinos são abalados.
Deus troveja, e a terra se desfaz.
O Deus Todo-Poderoso está do nosso lado;
O Deus de Jacó é o nosso refugio.
Venham, vejam o que o Deus Eterno tem feito!
Vejam que coisas espantosas Deus faz na terra”
Ele acaba com as guerras no mundo inteiro;
Quebra os arcos, despedaça as lanças
E destrói os escudos no fogo.
Ele diz: “Parem de lutar e fiquem sabendo que eu sou Deus;
Sou o Rei das nações e domino na terra toda”.
O Deus Todo-Poderoso está do nosso lado;
O Deus de Jacó e o nosso refúgio.
Por/Elias R. de Oliveira

Shalom e Bom dia!!


Primeiras pessoas presas por intolerância religiosa no Brasil são liberadas pela justiça

Romanos 12:21 - Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.(Grifo do Pr André)

Rio - O Tribunal de Justiça do Rio concedeu liberdade provisória ao pastor evangélico Tupirani da Hora Lores, 43 anos, e ao estudante Afonso Henrique Alves Lobato, 26. Os dois foram os primeiros presos no País pelo crime de intolerância religiosa. A dupla é acusada de postar na Internet vídeos e textos que incentivam a violência contra seguidores de outras religiões.
Em março, Afonso Henrique divulgou na Internet um vídeo com ofensas aos seguidores da umbanda e candomblé. Num dos trechos do vídeo, Afonso Henrique chega a dizer que todo pai-de-santo é homossexual. Eles vão responder em liberdade ao processo criminal que corre na Justiça.
Os dois foram denunciados à polícia pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, formada por representantes de diversas religiões, com apoio do Ministério Público, Tribunal de Justiça e Polícia Civil. Em 2008, Afonso participou de ataque ao templo espírita Cruz de Oxalá, no Catete. Respondeu a processo e foi condenado a pagar cestas básicas. Se condenados, podem pegar de 2 a 5 anos. O crime é inafiançável e imprescritível.
Fonte: O Dia / Gospel+Via: Notícias Cristãs

VIVENDO A VERDADEIRA PROSPERIDADE !

Vivemos num tempo de multiplicidade de idéias e conceitos, cada um de nós, a partir do sendo comum, busca construir suas “verdades” e caminhos. Não é diferente no que diz respeito ao conceito de prosperidade, muitas visões e definições acerca deste termo tem sido usadas e até abusadas, porém, podemos a partir da escritura sagrada conhecer apontamentos da verdade a respeito desse tema.

Vejamos o texto bíblico de Gênesis 39:2-4: “O SENHOR era com José, que veio a ser homem próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio.

Vendo Potifar que o SENHOR era com ele e que tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava em suas mãos...” (versão ARA). Quando a bíblia neste texto fala acerca da prosperidade de José a palavra hebraica usada é “tsaleach” que poderia ser traduzida por “ ter sucesso, ter bom êxito em uma missão”. Fica claro que aqui a prosperidade está vinculada a sucesso, porém, não um sucesso focado na satisfação pessoal de quem o tem mais no cumprimento de uma missão para qual um indivíduo, neste caso José, foi escolhido.

Neste momento já é possível perceber que a prosperidade não está vinculada a ausência de desafios, até porque se assim fosse José seria um dos últimos a serem citados como alguém próspero, tamanho os desafios que enfrentou em sua história de vida, na verdade a prosperidade está vinculada a habilidade, força, vigor, sabedoria etc... Que Deus dá a alguém para que este possa administrar e resolver, de forma sábia e produtiva, todos os desafios que o são apresentados na trajetória do cumprimento da missão que o próprio Deus o confiou. Um homem próspero tem como qualidade básica uma capacidade sobrenatural para resolver problemas. Entenda problemas não sinalizam ausência de prosperidade, incapacidade de lidar com eles e vencê-los sim.

Imagino José olhando para cada desafio, o desafio da solidão, o desafio de uma cultura diferente, o desafio da amargura, o desafio da injustiça, o desafio da mentira, enfim, são inúmeros, mais em todos eles vejo José lembrando-se dos sonhos que o Senhor Deus tinha plantado em seu coração, lembrando-se da promessa e sendo tomada pelo vigor, pela perseverança, pela esperança e pela fé no Deus de Abraão, Isaque e Jacó.

Quando José estava envolto nos desafios da vida ele lembrava-se da missão que Deus tinha plantado sobre ele, ele sentia que sua existência tinha um motivo, ele sentia que tudo que se passava não era maior do que o que viria no amanhã, e é claro que Deus ao contemplar esta fé se movia a favor de José acrescentando-o abundante provisão de modo que nenhuma circunstância pudesse ousar impedir o nascimento do futuro tão almejado e esperado por José.

Tsaleach é muito mais do que ter ou não ter. Tsaleach é transcender a mediocridade de uma vida pautada em expectativas humanas, que são na maioria das vezes rasas e egoístas, para viver os sonhos de Deus, e ainda que alguns problemas tentem nos sufocar o êxito já esta assegurado, pois podemos afirmar que nossa vida não mais nos pertence, pois pertence a Deus e, portanto, Ele se encarregara de nos entregar nossa abundante provisão para os desafios que enfrentaremos, então, diremos como Paulo: “Assim já não sou eu quem vive, mas Cristo é quem vive em mim.” Gl 2:20. Shalom!

Pr André Carvalho

Igreja Evangélica Manancial de Vida

Artigo publicado no jornal Monitor Campista em 13/07/2009