MORRE Pr NILSON FANINI!!

Líder batista brasileiro morre aos 77 anos no Texas

Com 77 anos de idade, o líder batista, passou para a Eternidade ontem, dia 19 nos Estados Unidos, após sofrer um AVC e ser internado na última quinta-ferira em hospital de Houston, Texas. Ele e sua esposa Helga foram conhecer a netinha mais nova, Nataly.

Segundo o blog da Igreja Batista Memorial de Niterói (IBMN), o corpo de seu líder será cremado nos Estados Unidos amanhã (dia 21) e não será trazido ao Brasil. No dia 4 de outubro será realizada uma cerimônia de homenagem póstuma na IBMN fundada por Fanini e pela Câmara Municipal da cidade.

Um homem reconhecido e de biografia invejável

Pastor Nilson do Amaral Fanini formou-se no Seminário Batista do Sul e foi consagrado ao santo ministério, na Igreja Batista da Tijuca, Grande Rio, em novembro de 1955. Casou-se nos Estados Unidos com Helga Kepler Fanini. No Texas, onde fez mestrado, nasceu o seu primeiro filho, Otto Nilson. Atualmente todos os três filhos moram nos EUA. Ao voltar para o Brasil, assumiu a Primeira Igreja Batista em Vitória.

Em 1964, pastor Fanini assumiu a Primeira Igreja Batista em Niterói (PIBN). Foi ainda presidente da Convenção Batista Brasileira (CBB), por 12 vezes. Lançou também no Brasil a ideia, hoje bastante difundida inclusive entre pentecostais, denominada Missões Urbanas, que entre esses, acabou por substituir o ministério de Evangelista.

Fundou inúmeras organizações, implantou dezenas de projetos, recebeu dezenas de títulos honoríficos e realizou a polêmica visita ao líder católico romano João Paulo II. Lançou programas no rádio e tevê, para a transmissão do Evangelho, seminários e fora eleito para inúmeros cargos na diretoria nacional e internacional da Igreja Batista. Realizou várias cruzadas em mais de 100 países e celebrou mais de 10 mil batismos. Dentre os cargos importantes ocupados, destaca-se o da presidência da Convenção Batista Fluminense, da Convenção Batista Brasileira (CBB) e da Aliança Batista Mundial (BWA, sigla em inglês).

Em 2004, a igreja em Niterói, a qual liderava contava com 13.275 membros. No ano seguinte, uma série de desencontros o levou ao desligamento da Primeira Igreja Batista de Niterói. Em seguida, pastor Fanini organizou a Igreja Batista Memorial em Niterói, à Rua São Lourenço, 88, no bairro de São Lourenço, atualmente, com 400 membros.

Deixa a viúva Helga Kepler Fanini, os filhos Otto Nilson, Roberto, Margareth e netos.

Fontes: Thereza Christina Jorge, diretora do Departamento de Comunicação da Igreja Batista Memorial em Niterói e Convenção Batista Carioca.
Foto: ibmemorial.blogspot.com