O REINO DE DEUS CHEGOU ATÉ NÓS! (PARTE 1)

Neste momento participo de um congresso que tem apresentado como proposta a proclamação profética de que esta realidade, totalmente concretizada no mundo espiritual em Jesus, chegará até nossa nação neste tempo mais uma vez, porém de uma forma mais ampla, e nesta fé em uníssono temos proclamado, amém!

Porém, desejo neste post me somar aos profetas que tem sido instrumentos de Deus para fazer estas proclamações e dar a minha contribuição de forma a ver o reino de fato mudando a história da nossa nação e fazendo do Brasil uma nação ovelha para glória do Senhor.

Para isto, eu desejo apresentar cuidados que devemos ter para que não venhamos abortar os projetos de Deus em nossa história. Quero falar sobre 02 Manifestações que NÃO representam o reino de Deus em nossa história.

01- O REINO DE DEUS NÃO ACONTECE A PARTIR DE ORGANIZAÇÕES OU PROJETOS, ELE ESTÁ EM NOSSO CORAÇÃO

É notória a inclinação natural que temos de focalizar todo e qualquer caminho que somos convidados a percorrer na mudança do outro e na mudança dos sistemas que estamos inseridos, exemplos: - ... o reino de Deus virá pois meus irmãos serão transformados pelo poder, minha igreja será finalmente avivada, meu líder sofrerá um “up grade”, agora sim verei os milagres acontecendo- . Estas afirmações são naturais, pois nos dias em que Jesus proclamou -...o reino de Deus chegou- os Judeus logo começaram a arquitetar como com o líder Jesus eles iam devorar os romanos e estabelecer o “santo” Império Judeu, os judeus entendiam que para a transformação da realidade o que era necessário era somente que as organizações e as pessoas, exceto eles, mudassem.

Contudo, Jesus os frustrou. Jesus começa a ensiná-los -... meu reino não é deste mundo...; quem quiser vir após mim(no reino) renuncie a si mesmo...- A verdade que o reino de Jesus não se estabelece numa organização, ou num projeto, ou nem mesmo numa religião. O reino de Deus e o governo do próprio Jesus em nosso coração, é seu caráter, coração e missão pulsando em nós como prioridade máxima. Finalizando, o reino de Deus não é o crescimento de nossas organizações, mais o crescimento do evangelho em nossos corações...(continua)

UM ALERTA AOS OUVINTES E NÃO PRATICANTES DO EVANGELHO DE JESUS

Texto Parafraseado trocando as palavras judeus por crentes e lei por palavra.
(Por André Carvalho)
ROMANOS 2:17-29

OS CRENTES E A PALAVRA

O que dizer de você? Você diz que é CRENTE, confia na PALAVRA e se orgulha do Deus que você adora.
Você sabe o que Deus quer que você faça e aprende na PALAVRA a escolher o que é certo.

Você tem a certeza de que é guia dos cegos, luz para os que estão na escuridão, orientador dos que não têm instrução e professor dos jovens. Você está certo de que encontra na PALAVRA a apresentação completa do conhecimento e da verdade.

Você, que ensina os outros, por que é que não ensina a você mesmo? Se afirma que não se deve roubar, por que é que você mesmo rouba?

Se você diz que não se deve cometer adultério, por que é que você mesmo comete adultério? Você odeia os ídolos, mas rouba as coisas dos templos.

Você se orgulha de PALAVRA.

Pois as Escrituras Sagradas dizem: "Os não-CRENTES falam mal de Deus por causa de vocês, os CRENTES." ...

...Pelo contrário, o verdadeiro CRENTE é aquele que é CRENTE por dentro, aquele que tem o coração circuncidado; e isso é uma coisa que o Espírito de Deus faz e que a PALAVRA escrita não pode fazer. E o louvor que essa pessoa recebe não vem de seres humanos, mas vem de Deus.